Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Conhecendo Foz (4): Parque das Aves

(não parecem de mentirinha?)
(os tucanos exibidos são estrelas por lá)
(ah, o amor...)
(os espelhos fazem os flamingos pensarem que o bando é maior e assim se sentirem seguros para colocarem seus ovos. Descoberta dos biólogos do Parque das Aves) (jibóia bebê)

Hoje vou falar de um dos meus lugares preferidos em Foz!
Criado por um casal europeu - ele inglês, ela alemã - o parque abriga dezenas de espécies de aves do mundo inteiro e em especial do Brasil e da América do Sul. Existe também um borboletário e, há algum tempo, eles criaram outras áreas onde encontramos jacarés, cobras, jabutis e saguis.
Nós percorremos à pé trilhas por dentro da área preservada e vizinha ao Parque Nacional. O total é de um pouco mais de 1 km mas por todo o caminho encontramos bebedouros, sanitários e bancos. Como é mata nativa, e ao lado do Parque, é comum encontrarmos outros animais voando e andando por lá.
O Parque das Aves trabalha com tentativa de reprodução em cativeiro de espécies ameaçadas e tem obtido bons r…

Momento Espírita: Escolha

A história do norteamericano Jerry foi trazida a público por seu colega de trabalho, Paul Picchnoff Junior.
Conta ele que seu amigo sempre tinha algo positivo para dizer. Quando alguém perguntava: Como vai você?, ele prontamente respondia: Vou muito bem!
Jerry era gerente de uma cadeia de restaurantes. Todos os garçons seguiam seu exemplo porque ele era verdadeiramente motivador.
Seu lema era: Toda manhã, ao acordar, penso em que tenho duas escolhas. Viver muito bem o dia ou viver mal. Sempre que acontece algo desagradável, posso escolher ser vítima da situação ou aprender algo com isso. Sempre escolho aprender algo.
Certo dia, ele deixou a porta dos fundos aberta e foi rendido por três assaltantes armados. Tentando abrir o cofre, sob a mira de armas, ele ficou nervoso e errou a combinação. Os ladrões entraram em pânico, atiraram nele e fugiram.
Socorrido a tempo, depois de dezoito horas de cirurgia e algumas semanas de tratamento intensivo, Jerry foi liberado do hospital.
Um amigo foi vis…

Conhecendo Foz (3): Complexo Turístico de Itaipu

(vista parcial da Itaipu)
(Um dos vertedouros. Quando fomos eles estavam fechados. Menos de uma semana depois, abriram)
(Transporte pro Refúgio Biológico)
(Trilha no Refúgio)
(Olha a onça!)
A Itaipu Binacional, construída no rio Paraná, na fronteira do Brasil com o Paraguai, é a maior usina hidrelétrica do mundo. Não vou fazer vocês dormirem passando dados técnicos sobre quantidade de energia gerada e blá, blá, blá porque, pra começar, eu não entendo nada de megawatts e sei lá mais o quê! A gente tá aqui pra falar de t-u-r-i-s-m-o!

No entanto, além dos atrativos turísticos da hidrelétrica, vale a pena falar um pouquinho da importância da Itaipu pra Foz.  Foz não seria hoje o que é se não fosse pela barragem. Até meados dos anos 70, começo dos anos 80, o centro da cidade sequer era asfaltado. A parte norte da cidade, onde fica a Itaipu e os antigos acampamentos pros moradores, que mais tarde viraram bairros da cidade - e onde morei boa parte da minha vida aqui - continuaria com umas chácara…

Sobre os posts "Conhecendo Foz"

Nos últimos dias infelizmente não tive tempo pra escrever os últimos dois posts sobre Foz - correria no trabalho, correria em casa, correria na rua...
Amanhã eu volto com um deles e espero na terça-feira postar sobre o Parque das Aves - amanhã falarei do Complexo Turístico de Itaipu.
Como aperitivo, fica uma foto tirada no Parque das Aves, dentro de um dos enormes viveiros, onde passamos pertinho de tucanos exibidos e incrivelmente mansos - preciso contar pra vocês no dia deste post como toquei em um beija-flor!!

Conhecendo Foz (2): Parque Nacional de Iguazú (Argentina)

(vista parcial da Garganta do Diabo)
(os quatis estão por quase todo lado)
(decida pra margem do rio no Circuito Inferior)
(prainha na Ilha San Martín)
(láááá no fundão da foto estão as Cataratas, mas o céu tava claro demais pra elas aparecerem)
Do lado brasileiro o Parque Nacional do Iguaçu. Do lado argentino, o Parque Nacional de Iguazú. O mesmo nome porque é o mesmo rio que forma as Cataratas - meio óbvio isso, dããã!
Muita gente me pergunta qual o lado mais bonito. Sinceramente, é complicado dizer, mas o argentino tem a vantagem de ter quase 8km de trilhas - lembram que ontem eu contei que o brasileiro tem 1200m apenas? - e a gente caminha muito pertinho de várias quedas menores.
O salto mais conhecido é a Garganta do Diabo. A primeira vez que visitei o parque foi em uma noite de lua cheia - existe essa opção de passeio! - e chorei emocionada. Na terceira vez, com uma equipe de tevê italiana, ouvi do produtor do programa: "Nessas horas que a gente tem certeza que Deus existe..."…

Conhecendo Foz (1): Parque Nacional do Iguaçu (Brasil)

(Começo das trilhas, foto de jan/09. Meu irmão e meus sobrinhos)
(Vista de um dos mirantes. Foto deste ano)

(Homenagem a Santos Dumont. Foto de 2009)

Nas primeiras semanas deste mês andei fazendo muito turismo aqui em Foz, passeando com meus sobrinhos. Durante os passeios eu fiquei pensando em como as pessoas, no geral, sabem pouco da cidade, do que tem por aqui e pensei que, tendo um blog, seria bacana eu apresentar minha cidade e o que tem de mais bonito nela pras pessoas e, principalmente, mostrar que Foz não é só fronteira com o Paraguai!
Serão então 4 ou 5 posts esta semana, ilustradas com fotos dos passeios e um pequeno descritivo do local. Espero que curtam as dicas.
Vou começar com as Cataratas, claro :))
Então, as Cataratas do Iguaçu ficam dentro do Parque Nacional do Iguaçu. O parque foi criado em 1939 e, acreditem, eram terras particulares até então. Contam que foi graças a Santos Dumont que, após uma visita às cataratas, pediu ao governador paranaense da época que criasse um par…

Mais bonita (11): Sabonete Dermotivin

Em matéria de beleza, como em praticamente tudo na minha vida, sou uma pessoa cética. Não acredito em emagrecer sem sacrifício, em cremes que com uma semana de uso deixam nossa pele incrível, em gente que só toma água pra ficar linda ou no batom Boka Loka que faça tudo quanto é homem querer beijar a gente - mas confesso que, aos 10 anos, na primeira versão de TiTiTi, eu acreditava :$
Quando li a Lenyssa, no Beleza de Creuzas,  dizer que duvidava de alguém com a pele mais oleosa do que a dela no mundo - exageraaaada, rsrs! - e, entre outras dicas pro verão, indicar o Dermotivin, acabei resolvendo testar o poder de dar uma secada na oleosidade da pele deste sabonete, até porque já tinha visto em outros blogs as gurias elogiando.
Não é bonito falar que tem pele oleosa. Tudo bem que também não é pecado, já que, sei lá, 60% da população brasileira deve ter este tipo de pele. Mas é muito chato cuidar, deixá-la com cara de limpa e tentar não parecer que se está derretendo - até porque eu tran…

Segunda sem carne

Bom, depois das férias de blog - porque eu ando passeando com sobrinhos, trabalhando, estudando pra concurso e tentando preparar palestra pro Centro - resolvi dar uma aparecida propositalmente hoje, segunda-feira, pra falar da campanha Segunda Sem Carne.
Eu sou extremamente carnívora! Adoooro carne! Acho churrasco tudo de bom, costumava ficar emburrada quando tinha que comer ovo frito - aliás, não gosto de ovo frito com comida ainda - mas também sempre me senti incomodada, angustiada, ao pensar no sofrimento dos animais na hora do abate - tenho horror de cruzar em estradas com aqueles caminhões carregando bois, vacas, galinhas e porquinhos pra abate!
Aí, há alguns meses, no grupo de estudo no Centro, lemos em um livro do André Luiz - se não me engano Libertação - ele comentando o nosso hábito humano de comer outros animais, do mal que isso acaba fazendo, do sofrimento que impingimos a estas criaturas que o Espiritismo acredita e trata como irmãos menores nossos.
Bom, aquilo foi a gota d&…