24 março 2013

Séries: Reunion


Você se sentiria empolgado pra ver uma série previamente sabendo que ela foi cancelada e não teve um final?

Então, eu faço dessas. Ou melhor, fiz pela primeira vez, e com Reunion. E, no geral, valeu a pena.

A série foi transmitida originalmente nos EUA entre 2005 e 2006. Foram filmados 13 episódios mas só 9 passaram por lá, sendo que os outros 4 foram transmitidos nos países que, posteriormente, compraram a série.

A história começa em 1986, com a formatura do ensino médio de seis amigos inseparáveis. Ao mesmo tempo, é mostrado que, em 2005, um dos amigos foi assassinado - quem? Só saberemos no capítulo 5, de forma surpreendente - e os outros cinco amigos são suspeitos.

Cada episódio tem como título um ano - foram de 1986 a 1998 - e vamos vendo como anda a amizade dos seis, algumas vezes se tornando mais forte, em outras parecendo regredir.

Eu achei muito bacana não ser revelado de cara quem morreu. Vamos vendo, em cada episódio, um dos amigos vivos aparecer nos tempos atuais e sempre, claro, com panca de suspeito mas naquele clima que a gente sabe que é pra parecer sem ser o suspeito. Legal também ver como eles fazem algumas brincadeiras com coisas recém-lançadas nas épocas cobertas pela série - moda, internet, celular, wi fi... E muito, mas muito boa mesmo, a trilha sonora! Aliás, como não curtir se, já no primeiro episódio rola personagem assistindo o clipe de Take on me na MTV??

De negativo - além do óbvio: a série não ter tido um final - tem a caracterização dos personagens nos dias atuais - 2005. Em 7 anos eles envelhecem demais: aos 37, 38 anos, todos os rapazes são mostrados grisalhos e, junto com as moças, parecem ter mais de 40 facinho!

Falando de não ter tido um final, tem maior sacanagem do que uma série ser cancelada sem final? Sei que até hoje isso acontece, mas é uma falta de respeito com quem assiste que não tem como entender! Maaaas, em tempos de "tudo a gente encontra no Google", eu consegui descobrir que Dave Annable, que interpreta Aaron na série, contou em uma entrevista como tudo terminava e quem era o assassino. Algumas coisas ainda ficaram pendentes, mas pelo menos o principal não ficou sem resposta.

Gostei bastante da série mas fiquei feliz de não tê-la visto na época. Eu teria odiado assistir algo e, de repente, ela ser cancelada!


Um comentário:

  1. Eu lembro de ter visto esta série no SBT há alguns anos. Na época, a emissora fez o maior estardalhaço para promovê-la como campeã de audiência nos EUA, mas escondeu dos espectadores que não tinha final e fora cancelada. Sei lá, mas uma coisa dessas acaba virando meio cult... E a trilha sonora é mesmo sensacional!
    Beijos - bom feriado!.

    ResponderExcluir