Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Séries: Castle

Terminando a temporada da maioria das séries que assisto e percebi que algumas das mais queridas não ganharam post meu comentando-as. Decidi então tentar, esta semana, reverter esta falta e vou começar por Castle, uma das minhas séries preferidas.
Já comentei que algumas das séries que se tornaram mais queridas pra mim eu hesitei um pouco pra começar a ver? Então, pois é. E Castle é uma delas. 
Eu via toda semana postagem dos episódios nos sites, via que Nathan Fillion, o protagonista, ganhava prêmios e prêmios escolhido como melhor ator pela audiência, mas achava que a série era boba, bestinha demais. "E outra policial?!"
Um dia, sem nada pra ver, baixei um episódio e gostei. Aí baixei outro... e outro... e outro... Me apaixonei!
Richard Castle é um escritor de romances policiais que se vê envolvido com a polícia quando um assassino mata suas vítimas como personagens dos livros dele. Procurado pela detetive Cate Beckett, de cara ele - mulherengo! - se encanta e, usando de sua i…

11 fatos sobre mim - que talvez você não saiba

A queridíssima Patrícia, do Ah, Coimbra! me passou este meme e eu adorei! 
(Dêem uma olhada no blog da Paty! Vale muito a pena! Ela tá fazendo mestrado em Coimbra, Portugal e conta por lá suas experiências e impressões pela primeira vez fora de casa, em um país distante, além de passar dicas valiosíssimas para quem quer estudar na terrinha!
Bom, vamos aos fatos!
1- Tenho medo de morrer sozinha e demorarem pra encontrar meu corpo. De verdade. Quando leio sobre aquelas pessoas que morreram e dias depois o corpo foi encontrado, tenho este medo. Acho que, na verdade, o medo é de morrer sem ninguém por perto, sofrendo. Meio irracional, pouco provável, talvez, mas tenho!
2- Sou mais debochada do que gostaria.Algumas pessoas se ofendem com isso mas é algo que tento controlar :$
3- Já chorei assistindo Jim Carrey.Foi aí que confirmei que, sim, eu choro com muita facilidade.
4- Sofri o que hoje chamam de bullying na infância e carrego trocentos traumas por conta disso.
Dia desses, em sala de aula, com…

Agora sou English teacher

Se 10 anos atrás alguém me falasse que eu seria professora, eu riria. E, para não parecer sem educação, explicaria que não tinha didática pra isso, nem paciência nem a mínima vontade.
Mas o mundo dá voltas. Em 2006 voltei pra faculdade pra estudar Português e Espanhol e, depois de poucos meses de ceticismo, dar aulas já não me parecia algo tão absurdo, pelo contrário, via como algo que podia ser apaixonante, enriquecedor e interessante.
Agora, em 2013, enquanto esperava ser chamada para dar aulas de Espanhol pelo estado, acabei virando professora de Inglês! Já tinha dado aulas particulares de inglês e nem cheguei a pensar nisso como algo profissional, mas, pintando a oportunidade - em um momento em que eu buscava um segundo emprego pra melhorar a renda -, resolvi aceitar.

Fui contratada pelo Senac de Foz, primeiramente, para dar aulas para duas turmas, uma da Polícia Militar e uma da Guarda Municipal. Como os alunos se candidataram às vagas, ou seja,estão fazendo o curso porque querem, o…